(11) 96768-7583

COMPRE PELO WHATSAPP

Seg - Sab: 9:00 - 18:00

Horário atendimento

NOSSO BLOG

Balanças Falsas – Dicas para não ser enganado

Balanças Falsas – Dicas para não ser enganado

A balança é sem dúvida um dos equipamentos mais importantes para um varejista que atua no ramo alimentício, ou em algum outro tipo de negócio que faça vendas de produtos por pesagem.

Toda balança usada para transações comerciais deve estar de acordo com as exigências do Inmetro (portaria 236/94).

Sabemos bem que equipamentos de marcas de referência são vendidos a um preço que condizem perfeitamente com a sua qualidade e confiabilidade. Todas as marcas de referência são devidamente homologadas pelo Inmetro e possuem as devidas garantias, seja em assistência técnica ou pela fábrica.

Porém, infelizmente existe um mercado ”paralelo” que já trouxe prejuízos irreparáveis para muitos empresários.

Muitas vezes, até mesmo pela falta de conhecimento, os mais incautos acabam caindo em mãos de vigaristas que vendem balanças falsas. Sim, acredite, falsas!

E como não poderia ser diferente, ao comprar uma balança falsa o varejista pode enfrentar diversas dores de cabeça pela frente.

A seguir, nosso técnico explica com detalhes como saber se a balança é falsa e assim, evitar futuros possíveis problemas.

 

 

Balanças homologadas

Para quem não é bem familiarizado com o produto, a primeira impressão é que são bem semelhantes com as balanças de referência. Mas existem detalhes que não tem como não notar.

  1. De olho no preço

O primeiro detalhe que fica evidente é o preço.

Balanças falsas geralmente costumam ser vendidas por até 50% a menos do valor de mercado.

Portanto, se em um primeiro momento, a situação parecer suspeita, antes de fechar qualquer compra, procure pesquisar sobre a marca vendida e se existe alguma informação condizente que comprove a autenticidade do produto.

Repare também se o equipamento possui o lacre, o selo de garantia e se vende em outras lojas idôneas.

Caso o item seja apenas vendido em marketplaces (Mercado Livre, OLX etc) ou em e-commerces sem muitas referências, existe o grande risco de estar adquirindo uma balança falsa.

  1. A letra “M”

Outro detalhe que talvez muitos ainda não saibam é que uma balança original não possui a letra “M” em nenhuma das teclas de função, conforme mostra a figura:

 

 

  1. Chapa de identificação, selo do Inmetro e lacre

Preste bem atenção nestes detalhes cruciais na hora de escolher uma balança:

 

 

Chapa de identificação

A portaria fala que toda balança deve apresentar algumas informações básicas que indicam sua origem e dados importantes para seu funcionamento, como classe, fabricante, modelo, entre outras. Estas informações estão contidas na chapa de identificação da balança, que é obrigatória.

– Selo do Inmetro

Este selo é colado na balança pelo fiscal do Inmetro e garante que ela passou pela verificação inicial logo após ser fabricada, além de atestar que a balança está devidamente calibrada.

O selo do Inmetro é feito de plástico, não de papel, como as falsas costumam apresentar.

– Lacre

Após a colocação do selo é aplicado o lacre (também pelo fiscal do Inmetro) para que ninguém mais consiga alterar as características metrológicas da balança até a mesma ser vendida.

Ops, comprei sem querer uma balança falsa…e agora?

Prepare-se para o Prejuízo

A principal e a mais importante função de uma balança é fornecer o peso correto do produto a ser vendido ao consumidor. E caso seja um equipamento sem garantias, pode apresentar erros na pesagem.

Isso é ruim, tanto para o estabelecimento quanto para o cliente, pois o estabelecimento pode estar deixando de ganhar e o cliente pode vir a pagar um valor excedente que o correto. Caso isto ocorra e o cliente venha a perceber o erro, o responsável pelo ponto de venda poderá enfrentar sérios problemas.

Multa salgada

Guarde bem esta informação – Multa salgada!

Vamos supor que o estabelecimento receba alguma denúncia de cliente ou que passe por uma fiscalização do Inmetro ou do Ipem e…a balança seja falsa. De cara, o responsável será multado, sem choro, em doloridos R$ 1.803,00.

Sem manutenção

E caso o equipamento quebrar, pode esquecer, pois não há assistência técnica para balanças falsas. Certamente vai virar objeto de descarte.

E no fim das contas, o barato vai acabar saindo bem caro.

Procurando balanças de qualidade? Fale com a RK Solutions! Temos a melhor solução em balanças para o seu negócio!

(11) 2628-1356 | (11) 2506-1348 | (11) 96768-7583 (whatsapp)

 

plugins premium WordPress
× Como posso te ajudar? Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday